Com.: +55 (11) 2801-8354 Whatsapp: +55 (11) 2801-8354

Sala de Ginástica no seu prédio! Consultória para o Artigo sobre Academia em Condomínio Diário de São Paulo

by autor: Wanderson Houpillard - 25/11/2013
share
Sala de Ginástica no seu prédio! Consultória para o Artigo sobre Academia em Condomínio Diário de São Paulo

Fomos procurados pela Agência Ideali para colaborar com um Artigo do Diário de São Paulo, falando sobre montagem de Academias em Condomínio. Segue o artigo:


Artigo: Hora de malhar

Instalação de salas de ginástica contribuem para a satisfação dos moradores e valorização do condomínio.

Em tempos de geração saúde, academias em condomínios são parte importante da satisfação dos moradores de um edifício. Antes um opcional de luxo, elas têm se tornado cada vez mais comuns entre os novos lançamentos, que já incluem esse espaço em seu projeto inicial. Mas mesmo para os prédios que não foram projetados com os chamados “espaços fitness”, a instalação de salas de ginástica é uma tarefa mais simples do que parece. Com planejamento e organização, elas podem ser enquadradas no orçamento do prédio. 

Segundo Angélica Arbex, gerente de relacionamentos da Lello Condomínios, o primeiro passo para incorporar uma academia no edifício é realizar um estudo de demanda entre os moradores. “O que se deve levar em consideração é a frequência de uso. Se já foi registrado o número de moradores interessados, isso deve ir para uma assembleia, onde será votado se a área selecionada pode ser transformada, ou não, em uma academia”, explica. Definir a demanda para uma academia é, até mesmo, uma forma de evitar a criação de um espaço que no futuro será ocioso e uma fonte de gastos desnecessários. 

Outro ponto a se pensar, de acordo com Marcelo Mahtuk, diretor executivo da Manager Administração de Condomínios, é o tipo de padrão do empreendimento. Questões como espaço disponível, quantidade de apartamentos e as expectativas dos condôminos em relação à sofisticação dos equipamentos devem ser conversadas e decididas em grupo. Além disso, é necessário estabelecer o quanto antes o valor do orçamento que será destinado à obra, lembrando que os gastos serão rateados entre todos os moradores. “Já realizamos projetos em nossos condomínios de R$ 20 mil a R$ 650 mil.  Os custos são divididos conforme determinação da Convenção do Condomínio, normalmente é aplicado o rateio pela fração ideal conforme metragem de cada apartamento”, conta Marcelo Mahtuk.

Uma vez tudo definido, chega o momento tão esperado de dar início à instalação. E é aí que grande parte dos síndicos comete um erro muito comum. Com a intenção de driblar os gastos, eles optam por estruturar as salas de ginástica sozinhos, evitando as despesas de um auxílio profissional. “É preciso tanto um profissional que faça o projeto – ajudando a dimensionar áreas e a pensar questões de ventilação, piso e espelho - como um para a consultoria e instruções iniciais de uso dos equipamentos, além de determinar o que será comprado e como será distribuído”, explica Angélica. 

Além de um dos locais mais utilizados pelos moradores, o espaço fitness pode também contribuir na valorização do edifício. Não é possível mensurar quanto uma academia agrega ao valor de cada apartamento porque há muitas outras variáveis envolvidas, mas os especialistas são unânimes em afirma que há um ganho com essa opção a mais. Passada a fase de implementação da sala de ginástica, o custo do condomínio não tem um aumento significativo. As vantagens superam em muito os pequenos contratempos, como por exemplo, os custos de manutenção. “Em pesquisa realizada recentemente, apuramos que o custo na manutenção de uma academia no condomínio representa aproximadamente, 2,78% da quota condominial”, completa Marcelo.

Instalando sua academia – um guia rápido:

1) O tamanho ideal:
Em prédios que não contam com um ambiente já destinado para o espaço fitness, é preciso encontrar e definir uma área que seja adequada para a criação desse novo empreendimento. Salas de ginástica devem contar com uma boa iluminação e boa ventilação natural, além disso, é importante um planejamento, pois assim é possível definir qual o tamanho necessário para abrigar a sala. Wanderson Houpillard, especialista na área de personal trainer da Zacaia – Personal Trainer, conta: “o tamanho pode variar, e depende muito da estrutura disponível e desejada. Já vi academias de 25m² até 450m²”. 

2) O que comprar?
Para Danilo Condutta, que atuou na área de personal trainer por mais de seis anos, o ponto de partida para a definição dos equipamentos é estabelecer o orçamento disponível e o público que será atendido. “Academias dentro de condomínios têm um público menos experiente, com idade mais avançada do que academias profissionais”, explica. Para esse tipo de ambiente, Danilo diz ser essencial optar por aparelhos para exercícios aeróbicos – esteiras, transports, bicicletas – e aparelhos para exercício anaeróbios, que trabalhem os grandes músculos do corpo – peitoral, dorsal, pernas, entres outros. Além disso, são necessários alguns itens básicos, como: anilhas, dumbells, barras, colchonetes, tornozeleiras, kettlebells e espaldar – acrescenta Wanderson.

3) Personal – ter ou não ter?
A importância de um profissional da área de educação física se dá não apenas pela questão de um melhor aproveitamento do exercício, mas até mesmo por fatores legais. “O condomínio corre um risco muito grande ao permitir a utilização do espaço fitness sem a presença de um profissional, se um morador se machucar por má utilização da estrutura, o síndico pode até mesmo ter que responder legalmente”, explica Wanderson. 
Além disso, para Danilo, toda atividade física, por mais simples que pareça, deve ser acompanhado pelo auxílio de um professor. “Somente o profissional vai estar preparado para auxiliar cada morador a atingir seus objetivos de forma correta, evitando as famosas lesões, algo comum em pessoas que treinam sozinhas”, explica.

4) Manutenção – driblando os gastos.
Uma reclamação muito comum em condomínios é a respeito dos gastos gerados com a manutenção de equipamentos. Mas o que poucos sabem é que, com os devidos cuidados e alguns truques, é possível preservar e estender a vida útil dos aparelhos de sua academia.
O primeiro passo para evitar problemas é investir em equipamentos de boa qualidade, e claro, em um profissional que ensine como usá-los de forma correta. “O aparelho que vai gerar um maior gasto é, de longe, a esteira. Ela deve ser limpa diariamente e lubrificada com silicone ou o material indicado pelo fabricante”, explica Danilo. Já os aparelhos de musculação devem ser lubrificados – com graxa ou outro material indicado – semanalmente.
Uma outra dica é incentivar o uso obrigatório de toalhas nos aparelhos, prolongando assim a durabilidade do estofado dos equipamentos. Além da manutenção preventiva, uma novidade que tem se destacado muito no mercado é o aluguel de equipamentos. “É um serviço prático e que facilita muito, pois o condomínio aluga o que precisa e tem uma manutenção 24 horas por dia, além da troca imediata de aparelhos, quando necessário”, completa Wanderson. 

  • Academia condomínio
  • montar
  • personal trainer
share
Wanderson Houpillard
Autor: Wanderson Houpillard
Mini-curriculo: Formado em Educação Física, otimista com a Profissão e entusiasta pelos novos formatos de mídia online e estudante nas horas vagas de programação.
Facebook Wanderson Houpillard Youtube Wanderson Houpillard Twitter Wanderson Houpillard Whatsapp Wanderson Houpillard Linkedin Wanderson Houpillard
Comentários:
leia Também:

Obesidade, Emagrecimento e Personal Trainer, Tudo que você precisa saber sobre esses três juntos

Obesidade, Emagrecimento e Personal Trainer, Tudo que você precisa saber sobre esses três juntos

Quando uma pessoa contrata um Personal Trainer para EMAGRECER e tem uma síndrome metabólica como a OBESIDADE.
Ela tem que ter ciência que será um projeto longo e de alto comprometimento.

Quem somos

Quem somos

dasdasd

Quer Trabalhar Conosco

Você já é Personal Trainer ou pretende ser? Clique no botão assistir e saiba os pré-requisitos para trabalhar na Zacaia Personal Trainer & Terapias Integrativas.
É só CLICAR!!!

Contatos

Entre nas nossas REDES SOCIAIS